Recebi uma nova proposta de trabalho e agora?

Quando se está empregado e entregando mais do que o combinado é comum profissionais receberem propostas de outras organizações. Isso ocorre porque o mercado como um todo está de olho em pessoas e perfis que possam agregar e/ou se encaixar em demandas específicas de suas empresas. Faz parte do jogo corporativo essa troca de profissionais.

Porém, se você está bem onde está, o que lhe faz aceitar ou não essa proposta? Bom, antes de concordar com um convite é necessário passar por um processo de análise do que está sendo ofertado. Comece sinalizando interesse, marque uma conversa para obter mais detalhes. Isso é uma atitude educada e durante este encontro você pode até checar se o que está sendo ofertado pode ser uma sinalização para uma promoção em sua carreira, novos desafios, uma oportunidade de maior projeção.

Passada essa fase, é momento de definir se você vai participar do processo seletivo. Aqui fica uma dica valiosa: não faça o processo somente por fazer, para ver no que vai dar, para entender o que o mercado está buscando. Isso pode representar perda de tempo para você, para empresa que o recruta e ao mesmo tempo, é um risco que você corre na própria empresa a qual você atua. Se aceitar, faça-o para valer, entre para conquistar a posição.

E devo contar para a empresa atual e/ou para meu chefe? De início não. Mas tudo depende da cultura da organização a qual você trabalha atualmente. Existem organizações maduras que entendem que o mercado tem essa dinâmica e sabendo que você está avaliando uma oportunidade não vai alterar sua relação como colaborador. Por outro lado, há empresas que observam a atitude como algo negativo, entendendo como inadequada, com um ar de desconfiança. Então cuidado.

O ideal é falar para a companhia quando o processo já estiver em estágio avançado e com reais possibilidades de conquista da nova posição. Isso será saudável para você e para sua empresa que não precisa acompanhar o seu processo, numa espécie de expectativa.

Eventualmente se você sentir que a nova companhia vai lhe proporcionar um desafio, que vai lhe projetar e lhe pagará melhor, perfeito. Atente-se somente a cultura de organização e tome a sua decisão. E então informe a sua empresa atual, dando-lhe tempo hábil de buscar outro profissional no mercado.

Regra de ouro: nunca use os processos de seleção como barganha. O que quero dizer com isso é que jamais você pode pedir um aumento ou promoção usando de uma carta convite para atuar em outra empresa. Se ao informar a atual companhia de que você vai aceitar uma proposta – e a sua atual empregadora – pedir um tempo para lhe fazer uma contraproposta, sem problemas, mas não use do seu processo para ganhar espaço na carreira dentro de uma empresa.

O ideal, quando se está empregado e deseja um aumento ou promoção é tratar do assunto francamente e com argumentos. Mas esse é um assunto para uma outra conversa. No demais avalie sempre as oportunidades com maturidade, afinal se você está sendo procurado pelo mercado é porque você tem respostas as quais o mesmo deseja. Sucesso!
Fonte: De Bernt