Como será o seu ano de 2019?

Adentramos a reta final de 2018. Costumo dizer que esse é o melhor período para realizar o nosso balanço pessoal e profissional. É tempo também de planejar o que vem pela frente. Esse exercício é bastante saudável, uma vez que aquilo que é combinado – mesmo que seja de você para você –, não sai caro.

Mas por onde devemos começar? Minha sugestão é que você faça um balanço de como foi o seu ano de 2018. Se em dezembro do ano passado, você desenhou metas, perfeito, ficará mais fácil de listar as conquistas e analisar o que de importantes impediu que você pudesse alcançar o que estava previsto. Mas mesmo que não tenha feito esse exercício, não tem problema. Pare um momento para pensar como foram os seus últimos meses. Liste o que gostaria de mudar, agregar ou suprimir.

Feito essa análise, comece a planejar o próximo período, incluindo sua vida pessoal e profissional. Minha dica é que você divida seu planejamento em três partes: a primeira é aquilo que é possível realizar a curto prazo, num período de um ano. Ou seja, cursos, metas financeiras, saúde, família etc.

A segunda é a médio prazo, um período de três a cinco anos. A compra ou troca de um imóvel, a realização de uma pós-graduação, mestrado ou doutorado, a realização de um curso de línguas.

E o terceiro é a longo prazo, ou seja, para daqui 20, 30 anos, quando você quase tiver se aposentando. Tome cuidado, contudo, para ser coerente com aquilo que você se propuser a fazer. Por exemplo: seria meio estranho listar para aprender a falar russo, lá na terceira idade e ao mesmo tempo, listar como prioridade a curto prazo, a fluência na língua inglesa, partindo do zero.

Prefira também enxugar o seu planejamento. Menos objetivos, mais eficácia nos resultados. Habitue-se também a cada mês realizar um acompanhamento daquilo que está se propondo a fazer. Cada meta conquistada é um passo para a conquista do seu planejamento. Essa análise dá a possibilidade de se corrigir percursos, caso as coisas não estejam acontecendo dentro daquilo que for planejado.

Por último, deixe esse documento em lugar visível, seja no seu smartphone, seu computador ou impresso. É importante que ele tenha contigo um contato visual, para que você não esqueça que ele existe. No mais, um feliz 2019, com êxito e sucesso em todas as áreas de sua vida!
Fonte: De Bernt